Certificado SSL ou HTTPs

Para falar sobre o SSL é importante começar com a forma com a qual é realizada a comunicação na web.

A internet utiliza o protocolo HTTP – Hypertext Transfer Protocol – que é o meio no qual distribuímos, de forma colaborativa, as informações para outras pessoas, esse meio é que permite que os dados cheguem, até a sua tela do computador ou smartphone do jeito com a qual você consiga ler, pois, os nossos textos e imagens para a WEB são um conjunto de símbolos estruturado que utiliza ligações lógicas.

Agora que falamos sobre o HTTP, vamos intender o que o SSL complementa a segurança das informações.

O que é Certificado SSL?

SSL é a sigla de Secure Socket Layer, é uma combinação de caracteres que aumenta a segurança de dados compartilhados pela internet. Com a instalação de um Certificado SSL, a URL do seu site passa a apresentar o novo formato incluindo o ‘S’ no HTTP, passando então a ser HTTPS e exibe a imagem de um cadeado para sinalizar que o site é seguro.

É recomendado que qualquer site inclua um certificado, até mesmo para quem acredita um blog não precisa de SSL, imagine que todas as informações estão expostas a qualquer pessoa, e através do seu site é possível instalar softwares maliciosos que podem roubar dados dos leitores que estão apenas consumindo o seu conteúdo.

Outra vantagem de instalar um certificado é o posicionamento do seu site nas pesquisas do Google, hoje a plataforma prioriza sites que proporciona segurança aos seus usuários.
Instalar o Certificado SSL não requer um alto investimento. Se o seu site estiver hospedado na Infra Provedor, por exemplo, você pode optar por uma criptografia com um custo de R$90,00 ao ano.

Portanto, independente de qual seja o segmento do seu site, ampliar a segurança só vai trazer benefícios.

Senhas seguras – dicas para você criar

Não utilize senhas fáceis de serem descobertas, como nome de parentes, data de aniversário, placa do carro, etc.
Esse tipo de informação é facilmente descoberta apenas analisando a sua pagina do Facebolok, Instagram ou outra rede social.

Como posso montar uma senha forte?

Dê preferência a sequências que mescle letras, números e até mesmo símbolos especiais. Misture informações relevantes para você, mas que não faça sentido para outras pessoas.
A ideia é pegar uma frase longa, e atraves dela você extrair uma senha, como por exemplo “meu primeiro carro comprei em 2012 e era preto”, agora para transformá-la em uma senha vamos utilizar alguns pedaços e substituir por números e símbolos outras parte e ficaria então assim: “MprC@r12_eB1@”.

Use como senha uma combinação que tenha ao menos seis caracteres. Também é importante não guardar suas senhas em arquivos que facilmente podem ser acessado, como exemplo do Word, bloco de notas ou qualquer outro aplicativo. Se necessitar anotar uma senha em papel (em casos extremos), destrua-o assim que decorar a sequência. Além disso, evite usar a mesma senha em vários serviços, já que uma vez descoberta uma unica senha o invasor terá acesso as demais serviços que você utiliza.

Além de criar senhas difíceis de serem descobertas, é essencial mudá-las periodicamente, recomendamos a cada três meses, pelo menos. Isso porque, se alguém conseguir descobrir a senha do seu e-mail, por exemplo, poderá acessar as suas mensagens sem que você saiba, apenas para espioná-lo. Ao alterar sua senha, o tal espião não vai mais conseguir acessar as suas informações.

Como saber se uma senha é forte?

Muitos serviços já possuem este um termômetro na página de cadastro, para ajudar a identificar se a senha é segura, mas vale a pena testar novamente. Existem alguns sites que podem te ajudar a validar o quão seguro esta sendo aplicado.
Deixamos aqui duas sugestões:

https://howsecureismypassword.net/
http://testedesenha.com.br/

Gostou das dicas? Se você tem alguma tática infalível para criar senhas fortes, divida com a gente nos comentários.